Intercâmbio com Cádiz e Extremadura

Para favorecer o intercâmbio cultural e/ou educativo entre a Finlândia e os países do âmbito luso-hispânico, o Instituto assinou vários convénios com o Ayuntamiento de Cádiz e a Comunidad Autónoma de Extremadura. O objetivo é enriquecer a oferta cultural aos cidadãos e contribuir para o conhecimento mútuo.

CÁDIZ

O Instituto Iberoamericano da Finlândia assinou um acordo de intercâmbio cultural de cinco anos com o Ayuntamiento de Cádiz (2008-2012), com o objetivo de desenvolver eventos culturais que sirvam de ligação cultural. Este convénio contou sempre com um grande apoio, pois foi apadrinhado pela ex-presidenta da República da Finlândia, Tarja Halonen. Graças ao êxito desta cooperação, mesmo aquando o término do acordo, continuaram-se a realizar atividades culturais da mesma maneira.

Segundo o convénio, o Ayuntamiento de Cádiz compromete-se a incluir preferencialmente artistas ou grupos artísticos finlandeses e as suas obras, na programação das suas próprias atividades, enquanto que o Instituto Iberoamericano da Finlândia assume o compromisso de concretizar a presença cultural de Cádiz na Finlândia através de, por exemplo, atuações de grupos musicais, exposições de artistas de Cádiz, etc. Um exemplo da variada oferta cultural finlandesa vista em Cádiz, foi a companhia de dança de Susanna Leinonen ou uma exposição de cultura tradicional da Lapónia.

O convénio de colaboração cultural e educativa entre o Instituto Iberoamericano da Finlândia e a Consejería de Educación y Cultura de la Junta de Extremadura continua as pegadas do convénio de intercâmbio cultural com o Ayuntamiento de Cádiz, incentivando a cultura finlandesa e, ampliando as oportunidades do Instituto para organizar atividades numa nova zona. Neste sentido, o acordo amplia o campo de atividades do Instituto e aumenta a visibilidade da cultura e educação finlandesa na Península Ibérica.

EXTREMADURA

Extremadura compromete-se a incluir obras de artistas, de grupos de artistas e de escritores finlandeses nas suas próprias atividades e, a incentivar a presença finlandesa nas suas funções. No campo da educação, as atividades centram-se na organização de eventos e conferências educativas, e em aumentar o diálogo entre os agentes educativos de ambos os países.

Reciprocamente, o Instituto Iberoamericano da Finlândia participa na planificação de atividades, ajuda na procura de colaboradores nos campos da educação e cultural, e facilita a entrada de artistas locais ao rol finlandês.

Como fruto deste convénio, vários professores de Extremadura puderam visitar escolas finlandesas e em Mérida em 2013, celebrou-se um grande seminário sobre o sistema educativo finlandês.

Tem de iniciar a sessão para publicar um comentário.
Menu