Lauri Laine – Pinturas 2013-2016

As obras do pintor finlandês Lauri Laine (1946) inspiradas pelo barroco e por Zurbarán chegam até nós vindas de Roma, onde foram expostas na Galeria Angelica. A exposição, que inaugura a 7 de março na galeria do Instituto Ibero-Americano da Finlândia, consiste em séries pictóricas concretizadas entre 2013 e 2016.

Nas pinturas de Lauri Laine, a história da arte forma estratos que se ligam fortemente à arte de hoje. O que é importante para o artista são as influências espanholas, tendo ele viajado muitas vezes para Sevilha e para Madrid, e nos seus quadros podemos ver as influências da pintura da era barroca e do início da arte moderna, por exemplo do cubismo. A abstração e o figurativo, a tradição e a contemporaneidade encontram-se nas suas propostas, criando um reino misterioso. Os temas centrais da série são figuras que sugerem seres humanos que parecem carregar objetos, objetos semelhantes a instrumentos musicais. A característica comum destes quadros é a forma diversificada de usar o pincel, o que permite sensibilizar o material.

Todas as obras da exposição, que se pode visitar até o dia 7 de abril de 2017 na galeria do Instituto, são pinturas a óleo.

Pinturas 2013-2016
Lauri Laine
7.3.-7.4.2017

 

Menu